Ama-me, sem garantia,
sem prazo de validade,
sem data certa,
sem promessas,
sem futuro e sem destino!

Ama-me, simplesmente, me ama!
Com aquele amor que não sabe o dia!
Se me encontrarás bem ou não!

Se precisarás me ninar,
me aquietar, para que eu possa te amar!..
Se precisarás de urgência, ou calma,
para que eu te sinta preso a mim,
com uma corrente que solta ,
com um sopro d' alma!
Ama-me, simplesmente, ama-me
e me farás feliz!..

Eda Carneiro da Rocha


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!