Alma amada
una
lavada
nua
despojada!

Vem!
Faze-me tua morada
teu céu,
teu mar,
tuas estrelas!

Não me deixes aqui sozinha!
Amo-te,
Alma minha!
Vou ter contigo aonde fores.

Neste infinito total
seremos só tu e eu.
Duas almas encontradas,
amadas,
jamais separadas!


Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"




 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

::: CrysJuanGráficos&Design :::