Como o céu de minh'alma
para contemplar o infinito,
dizer poesias
na alma,
calada, emudecida .
Nesse dia de Páscoa,
Ressureição e Amor!
Que eu sempre possa contemplar
esse meu Algodão Doce,
na minha vida...

Doce, como deve ser o nosso carinho,
amado e repartido
com nossos irmãos!
Azul, como o céu,
onde estão os Anjos,
a Pureza,
a Saudade
dos que me foram...
Tão queridos e sagrados,
não esquecidos jamais!
Apenas afastados,
num outro plano que não esse,
na minha vida.

Algodão Doce
Doce Algodão
Que eu não sofra mais
a dor da separação!

Eda Carneiro da Rocha.

 

....

 

 


CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!